sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

de casa de gaza

imagem/mnemosyne

É possível não compreender
a sucessão de agoras
que explodem
e fragmentam corpos
sonhos memórias
continuam caindo da mesa
migalhas de pão
dardos
desumana história
da não compreensão
dos ensaios do tubo
do olhar lacaio
de soslaio
da explosão
dos gases de dentro
de casa de Gaza
do império da razão!

lilian reinhardt
poeticadigital

2 comentários

lilian reinhardt disse...

Obrigada Fátima! Pela Paz nesta grande casa de Gaza! bjo, lilian

karoliny santér disse...

Farofaaaaaaaaaaaaaa

Beijo grande.

Postar um comentário

^