domingo, 19 de outubro de 2008

Miséria


MISÉRIA
lisieux

MOTE:

Vejo em frente, ali na praça,
só lixo, trapos e panos;
e, para a minha desgraça,
no meio – seres humanos!
(Selma Patti Spinelli/SP)


GLOSA
(lisieux)

Vejo em frente, ali na praça,
bem debaixo do coreto,
todos cheirando a cachaça,
um patético quarteto.

Pensei no início, que via,
só lixo, trapos e panos,
porque ninguém merecia
destinos tão desumanos.

Como ninguém me ameaça,
fui ver de perto o que havia.
E para minha desgraça,
era mesmo o que eu temia.

Por lençóis sujos cobertos,
viram meus olhos, insanos:
baratas, ratos, dejetos...
no meio – seres humanos!

BH – 10.09.08

2 comentários

lisieux disse...

que legal o blog... fico feliz por me incluir no meio de tantas "feras". E temos mesmo que gritar por quem não tem voz... nem vez.
Bjokas
lis

SensibilizARTE disse...

Me ha gustado la temática solidaria del blog. La miseria es una vergüenza para todos.
El mundo somos todos.

Gracias por compartir este blog

Postar um comentário

^